“CAÇADAS DE PEDRINHO” O DISCURSO ATUALIZADO DAS TENDÊNCIAS ÉTNICAS BRASILEIRAS

Nancy A. Arakaki, Isaías Santos

Resumo


A discussão contextualizada que ora apresentamos sobre “Caçadas de Pedrinho, de Monteiro
Lobato” fundamenta-se nos conceitos teóricos de Koerner (1987, 1996) os quais apontam a
relevância de traçar o “clima de opinião” da época em que o autor viveu e criou sua obra. Isto
porque o discurso do autor é social e fortemente marcado por sua visão ideológica (Bakhtin,
1998). Lobato instiga o leitor a dialogar com suas personagens a partir das peripécias no Sítio do
Pica Pau Amarelo. É nesse ambiente que ressoa a voz de Tia Nastácia configurando a minoria
brasileira marcada por diferenças étnicas e culturais.


Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.