A Influência do Estado nas Redes Educacionais: Uma Análise da Doutrinação Ideológica

Cintia Soares Soares de Oliveira, Dione Suzana de Oliveira, Jorge Alonso Parra

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a influência ideológica exercida pelo Estado nas redes de ensino educacional brasileiro, os motivos para que tal influência ocorra e as consequências de tal mecanismo na ação educativa exercida nas instituições de ensino. A hipótese é a de que esse processo não promove a cidadania tão apregoada nos jargões educacionais presentes no discursos oficiais das redes públicas de ensino. Os dados para a discussão do tema foram colhidos por meio de entrevistas que buscaram recuperar recortes temporais dos processos de socialização e compor depoimentos que rememoram tempos escolares dos sujeitos analisados. O referencial teórico se baseou nos estudos de Martin Lawn (2001) e em estudos de Ferrari (2008), Vilarinho (2008) e Nagib (2014). Os resultados possíveis a partir das memórias aqui analisadas trazem excertos de situações que deixam claro a inadimplência e o abuso de determinadas práticas que, no entanto, seguiram seu curso sem que a instituição ou os sujeitos envolvidos questionassem sua validade para o processo formativo. A conclusão é a de que esse fenômeno é resultado da influência ideológica presente na constituição da identidade docente e na consecução de suas práticas pedagógicas, fato que aponta para um mecanismo que torna o professor um instrumento de manobra a serviço do Estado para disseminar a doutrinação de sua ideologia.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.